Projeto Acústico

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Um ambiente agradável pode ser definido e sentido de várias formas, confortável em sua temperatura, na decoração de bom gosto, na iluminação bem distribuída e principalmente no seu conforto acústico. Esta qualidade acústica pode ser adicionada ao projeto trazendo benefícios aos usuários, aumentando sua produtividade, evitando que as pessoas fiquem expostas ao ruído, afastando de suas atividades e não cumprindo suas tarefas. Dentro de um ambiente a comunicação verbal deve ser compreendida de uma forma fácil e sem esforço (boa inteligibilidade), e da mesma forma as tarefas que exigem concentração, não devem sofrer interferências de ruídos intensos. Um bom projeto acústico assegura a distribuição eficiente dos sons desejáveis, assim como exclusão dos indesejáveis.

O que é PROJETO?

 

 

pro.je.to 
sm (lat projectu) 1 Plano para a realização de um ato; desígnio, intenção. 2Cometimento, empreendimento, empresa. 3 Redação provisória de qualquer medida (estatuto, lei etc.). 4 Constr Representação gráfica e escrita com orçamento de uma obra que se vai realizar. P. de lei: proposição escrita apresentada a uma câmara legislativa sobre qualquer assunto, para, depois de discutida em plenário, ser convertida em lei; propositura. P.-tipo: projeto padronizado que deve ser seguido em diversas obras ou instalações da mesma natureza. Pl: projetos-tipos e projetos-tipo.

 

Por que contratar um PROJETO?

 

O projeto é um documento desenvolvido por um profissional especialista na área, que contém todas as informações necessárias para obter o resultado contratado e de acordo com o escopo da proposta assinada.

 

 

Como contratar um PROJETO?

 

Verifique seu registro junto ao CREA, peça seu certificado do curso de acústica no Brasil, solicite referências, faça uma visita ao escritório do profissional.

 

 

ESCOPO do PROJETO ACÚSTICO

 

  • Visita Técnica ao local do projeto (para ambientes existentes ou construídos)

  • Avaliação dos materiais utilizados no projeto de arquitetura

  • Avaliação do limite de ruído interno para a base de cálculo de isolamento acústico

  • Avaliação do índice do tempo de reverberação para o cálculo de tratamento acústico

  • Avaliação preliminar e escolha entre os diversos tipos de soluções de isolamento e tratamento acústico viáveis de serem adotados;

  • Análise e definição das áreas a receber soluções acústicas e lançamento preliminar do sistema;

  • Desenvolvimento do projeto executivo, devendo ser composto por:

    • Plantas dos locais que serão tratados acusticamente;

    • Cortes e elevações necessárias para a compreensão do projeto;

    • Detalhes típicos em escalas variáveis conforme necessário;

  • Memorial de cálculo para arquivo, entendimentos e procedimentos para contratação dos serviços;

  • Memorial Descritivo completo das soluções adotadas;

  • Opcional: Maquete em 3D do projeto;

  • Planilha quantitativa;

  • Gerenciamento de interfaces e compatibilização do projeto de isolamento acústico com os outros projetos complementares;

  • ART junto ao CREA (Anotação de Responsabilidade Técnica).

 

O que é ISOLAMENTO ACÚSTICO?

 

O isolamento sonoro (ou isolamento acústico) é a não passagem de som de um para outro ambiente, através do uso de diversos materiais: densos, pesados, etc, que consigam amortecer e dissipar a energia sonora. Não se deve confundir isolamento sonoro com tratamento sonoro.

Outro fator que influencia no isolamento é o fato de não se usar apenas uma barreira, mas criar uma seqüência de obstáculo para o som ter mais dificuldade de se propagar. Por isso, o uso de paredes duplas, janelas com vidros duplos ou a combinação de materiais de diferentes densidades são muito importantes para se ter um bom isolamento acústico. Neste caso, é ainda importante fazer os diferentes elementos usados não se tocarem diretamente e o que for conveniente para se anular a vibração.

 

 

O que é TRATAMENTO ACÚSTICO?

 

A ABSORÇÃO ACÚSTICA trata do fenômeno que minimiza a reflexão das ondas sonoras num mesmo ambiente. Ou seja, diminui ou elimina o nível de reverberação (que é uma variação do eco) num mesmo ambiente. Nestes casos se deseja, além de diminuir os Níveis de pressão Sonora do recinto, melhorar o nível de inteligibilidade.    Contrariamente aos materiais de isolamento, estes são materiais leves (baixa densidade), fibrosos ou de poros abertos. Praticamente todos os materiais existentes no mercado ou isolam ou absorvem ondas sonoras, embora com diferente eficácia. Um material que tem grande poder de isolamento acústico quase não tem poder de absorção acústica, e vice-versa.

Cada recinto, conforme sua utilização requer critérios bem definidos de Níveis de Pressão Sonora e de reverberação para permitir o conforto acústico e/ou eliminar as condições nocivas a saúde. Níveis de Pressão Sonora muito baixos podem tornar o recinto monótono e cansativo, induzindo as pessoas às condições de inatividade e sonolência.

Normalmente um bom projeto acústico prevê o isolamento e a absorção acústica utilizadas com critérios bem definidos, objetivando a melhor eficácia no resultado final. Para isto, deve-se levar em consideração o desempenho acústico dos materiais a serem aplicados, sua fixação, posição relativa a fonte de ruído e facilidade  de manutenção, sem restringir a funcionalidade do recinto. A aplicação de um material acústico, fornecido ou utilizado sem critérios rígidos de projeto, não significa a solução do problema.

 

R. Gomes de Carvalho, 621 - CEP 04547-004 - Vila Olimpia - São Paulo - SP Tel: (11) 2283-1001

  • facebook masteracustica

© 2017 Master Acústica